samedi 9 mars 2013

Itaguara, a beleza desta terra não tem fim. Pintura mural


O silêncio não é o contrário da palavra.
Guimarães Rosa inaugura Grandes Sertões, Veredas com uma palavra insólita : “Nonada. “Convite ao silêncio, á contemplação, á mente centrada no vazio, á alma despida de fantasias. Não nada. Não nada.
[...]
Expressão amorosa e ressonância criativa.
" Palavra "
Frei Betto









video

Pintura Mural : " Itaguara, a beleza desta terra não tem fim. "
Museu Sagarana










Aucun commentaire:

Enregistrer un commentaire